...

Campina Grande - PB

Vigilância Sanitária-JP alerta sobre riscos de ingestão de alimentos contaminados

08/01/2017 às 10:40

Fonte: Secom/JP

Verificar a qualidade dos alimentos e o ambiente onde são comercializados – se estão em condições de higiene. São dicas importantes e que podem assegurar uma refeição sem riscos para a saúde, principalmente durante o Verão, quando milhares de pessoas estão mais vulneráveis ao consumo de alimentos mais acessíveis, nas ruas ou na praia, por exemplo.

Pensando nisso e com objetivo de fiscalizar estabelecimentos regulares e comerciantes informais, a Gerência de Vigilância Sanitária (GVS) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) começa a partir da segunda quinzena de janeiro a operação Verão Melhor. A ação vai percorrer toda a orla da Capital e alguns pontos do Centro, se estendendo até o Carnaval.

Alberto José dos Santos, gerente de fiscalização da Vigilância Sanitária, explicou que a ação tem caráter educativo, objetivando alertar a população e comerciantes sobre os riscos causados pela ingestão de alimentos de má qualidade, gerados pela falta de cuidados com a manipulação, preparo e comercialização. Mas também poderá aplicar multas e recolher mercadorias, caso não estejam dentro dos padrões de qualidade e higiene exigidos pelo órgão.

foto: Secom/JP

“É muito importante fazer esse trabalho educativo, porque sabemos que é uma prática comum das pessoas buscarem se alimentar em locais livres. E existe um comércio muito grande, além dos estabelecimentos regulares, que serão fiscalizados e deverão está dentro dos padrões de qualidade para oferecer um bom serviço para a população”, destacou.

Onde procurar atendimento 

A ingestão de alimentos contaminados produz, principalmente, sintomas como vômitos, diarreia e inchaço abdominal. Porém, podem variar de acordo com o micro-organismo que contaminou o paciente, explica o médico especialista em saúde da família da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), Esonilson Siqueira. Ele orienta que as pessoas com esses sintomas devem procurar uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

“Esses sintomas são decorrentes de organismos prejudiciais ao nosso corpo, como bactérias, parasitas e vírus, e podem estar diretamente relacionados com a contaminação por ingestão de alimentos. Nesses casos, é importante comparecer a uma das Unidades de Pronto Atendimento para realização de exames e medicação apropriada”, explicou.

João Pessoa conta com três Unidades de Pronto Atendimento (UPA), que atendem casos de urgência e emergência 24h por dia todos os dias da semana.

As unidades ficam localizadas nos bairros de Manaíra (UPA Oceania – Avenida Flávio Ribeiro Coutinho), Valentina Figueiredo (UPA Célio Pires de Sá, localizada na Rua Estevão Lopes Galvão, s/n) e Cruz das Armas (UPA Augusto Almeida Filho – Avenida Cruz das Armas, s/n, esquina com a Rua Ladeira da Graça).

Veja também

Comentários