...

Campina Grande - PB

Vereador diz que crise hídrica enfrentada em Campina é semelhante a de 1887

08/10/2016 às 8:32

Fonte: Da Redação

O vereador reeleito de Campina Grande, João Dantas(PSD), disse que a Rainha da Borborema vivencia uma das maiores crises da história e destacou que o momento enfrentado é semelhante com o período vivenciado em 1877, que teve uma das piores secas seguida de um surto de cólera, em que morreu quase metade da população campinense.

– Esse momento que nós vivemos é meio que parecido com aquele momento. Nós estamos enfrentando também problema de dengue, chikungunya, de zika e de microcefalia. Enfim, as coisas são meio parecidas. O que Campina Grande precisa, na realidade, é do aceleramento nas obras do São Francisco porque estamos sobre um bloco monolítico de uma rocha chamada o cristalino. Ainda o problema é ampliado pela altitude que Campina Grande está, que são 511 metros acima do nível do mar. Então, para chegar água de qualquer lugar para Campina teria que se construir várias estações de bombeamento, elevatórias e não há tempo – disse.

joao-dantas

foto: Paraíbaonline

João destacou como solução para crise hídrica, a curto prazo, a construção de uma adutora de engate rápido proveniente do litoral paraibano e montada sobre a rede ferroviária, que está inativada. Entretanto, mesmo tendo feito três pronunciamentos sobre este assunto, o parlamentar disse que a Cagepa e Governo do Estado não se manifesta.

O vereador também defendeu a realização de uma possível limpeza na parte seca do Açude de Boqueirão. Além disso, defende uma limpeza no Açude Velho, que é localizado em Campina Grande, para que tenha água de qualidade para navegabilidade.

– Esvaziar o Açude Velho seria a grande solução para fazer a grande limpeza naquele açude, porque o Açude Velho não pode correr o risco do que o Açude de Bodocongó sofreu. Nós perdemos um dos mais lindos espelho d’água de Campina Grande, ele tem menos que a metade do seu volume hídrico que tinha em outras épocas –concluiu.

As informações foram veiculadas na Rádio Caturité AM.

Veja também

Comentários