...

Campina Grande - PB

Tucano afirma que não sofreu pressão do PSDB e vai continuar apoiando Governo RC

03/01/2017 às 21:08

Fonte: Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba)

Foto: Paraibaonline

O deputado Antônio Mineral (PSDB) assumiu nesta terça-feira (03), em definitivo, a titularidade do mandato com saída dos ex-deputados José Aldemir (DEM) e Dinaldinho Wanderley (PSDB), que tomaram posse como prefeitos respectivamente dos municípios de Cajazeiras e Patos.

Segundo ele, a sua atuação continua da mesma forma quando assumiu a suplência no lugar do deputado Ricardo Marcelo (PMDB), ou seja, apoiando a base governista na Assembleia Legislativa contrariando a bancada do PSDB, que faz oposição ao governador do Estado, Ricardo Coutinho (PSB).

“Nunca deixei de fazer o meu trabalho e como suplente e agora titular continuarei da mesma forma defendendo a Paraíba e o povo paraibano”, disse.

Ele explicou que o seu posicionamento sempre foi favorável aos atos do governo que beneficiasse o povo. “Se não for para o bem do nosso Estado e do nosso povo, eu sou contra, mas caso contrário, o governador pode mandar que tem o meu apoio”, ressaltou.

Indagado se ele estaria preocupado com a cúpula do PSDB, que ameaça fazer jogo duro com os dissidentes, o deputado respondeu que até o momento não recebeu nenhuma pressão para mudar de postura.

 “Já estive com o presidente do PSDB, Ruy Carneiro e em nenhum momento me disse algo sobre o meu posicionamento aqui na Casa. Eu quero seguir com esse estilo que eu venho fazendo de forma independente de votar em favor da Paraíba”, disse.

Perguntado ainda se ele se considerava um aliado de Ricardo Coutinho. Mineral respondeu que sim, uma vez que vem dando apoio à bancada da situação. “Agora eu pertenço ao PSDB desde 1995 e já estou no quinto mandato por esse partido”, destacou.

Veja também

Comentários