...

Campina Grande - PB

Três deputados da base não comparecem à reunião com o governador

14/11/2016 às 19:57

Fonte: Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba)

Foto: Paraíbaonline

O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Hervázio Bezerra (PSB) falou à imprensa sobre a reunião que o governador Ricardo Coutinho (PSB) teve nesta segunda-feira (14) com a bancada governista.

Conforme o líder, o encontro com os deputados foi para fazer uma espécie de balanço das ações do governo e do que foi votado no legislativo, o que possibilitou dar agilidade ao funcionamento da máquina administrativa, a exemplo da aprovação da reforma Fiscal com a criação do Fundo Estadual de Equilíbrio Fiscal e a autorização do remanejamento de recursos.

“Foi uma reunião extremamente positiva. Primeiro porque foi uma reunião altamente produtiva, descontraída, na qual o governador fez um agradecimento especial ao conjunto de parlamentares pela celeridade, agilidade e parceria com o governo do Estado nos projetos que tramitaram durante todo no legislativo”, destacou.

Também se discutiu o desempenho do PSB no processo eleitoral municipal e as projeções para 2018 incluindo a possibilidade de migração de prefeitos eleitos para o PSB ou para os partidos aliados.

Segundo o deputado, o governador comentou ainda sobre a reforma administrativa que está promovendo, mas não divulgou nomes que ocuparão outras Pastas que pretende mexer.

“Ele limitou-se apenas a dizer que a reforma era perfeitamente normal para oxigenar a administração. Em linhas gerais, esta foi a pauta que tratamos com o governador Ricardo Coutinho”, disse.

Hervázio também tratou de explicar que a Pasta de Finanças recentemente desmembrada não irá causar mais gastos já que o governo está reduzindo despesas com a diminuição do número de cargos comissionados até porque vários órgãos do governo ainda não foram ocupados.

“Se verificarmos a estrutura organizacional vê-se que existem algumas secretarias importantes que estão sem nomeações, a exemplo da Secretária Executiva da Administração, da Secretária Executivo de Administração Penitenciária, da Secretária do PAC e outras diretorias e várias autarquias que o governador não fez a ocupação em função da decisão de cortar o que for possível para não prejudicar a máquina administrativa para isso impactar de forma positiva na folha de pagamento”, avaliou.

Estiveram ausentes da reunião os deputados Jeová Campos (PSB), Zé Paulo (PSB) e Nabor Wanderley (PMDB).

Veja também

Comentários