...

Campina Grande - PB

Secretário de Segurança da PB rebate críticas do presidente do PSDB

09/01/2017 às 22:53

Fonte: Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba)

Foto: Paraibaonline

O secretário de Segurança Pública da Paraíba, Cláudio Lima rebateu o presidente estadual do PSDB, Ruy Carneiro, que cobrou um plano de segurança para resguardar o Estado diante dos fatos ocorrido no sistema prisional de outros Estados, especialmente, depois da chacina de prisioneiros em Manaus e Roraima.

Conforme o secretário, não há com o que se preocupar e que a Paraíba já tem um Plano que é o “Paraíba Unida pela Paz”. “Se o ex-deputado não conhece o nosso plano, então eu não vou discutir com ele. Eu não sei que ele quer”, disse.

O secretário ressaltou ainda que qualquer Estado se preocupa com as rebeliões nos presídios e que tem conversado sempre com o secretário de Administração Penitenciária da Paraíba, Delegado Wagner Dorta. “Estamos sempre antenados com essas situações. Eu acho que qualquer Estado da federação se preocupa com isso”, observou.

No Estado da Paraíba, o secretário afirma que há um relativo controle, pois é impossível dizer que seja absoluto, mas a população não precisa ficar preocupada porque as polícias estão atentas. Cláudia Lima afirmou ainda que a Inteligência do Sistema de Segurança vem tomando providências diante do cenário exposto e o Delegado Dorta está acompanhado de perto toda a possibilidade de ação a ser tomada.

“Posso afirmar que há um relativo controle e não se pode especular sobre a situação. Sabemos ainda que o Sistema Penitenciário preocupa a todos porque é um sistema que vem há muito tempo necessitando de ações, planejamento político porque ele não evoluiu e está estagnado e todo mundo sabe disse”, explicou.

Cláudio Lima confirmou ainda a participação da Paraíba na reunião convocada pelo ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes, com todos os secretários estaduais de segurança pública do país. O encontro está marcado para o dia 17 de janeiro, em Brasília, e terá a participação dos presidentes dos Colégios de Secretários de Justiça e Assuntos Penitenciários, Lourival Gomes (SP), e de Segurança Pública, Jeferson Portela (MA).

Veja também

Comentários