...

Campina Grande - PB

Secretário afirma que não há crise e que está pronto para continuar na Saúde, em JP

13/01/2017 às 18:05

Fonte: Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba)

O secretário da Pasta municipal de Saúde de João Pessoa, Adalberto Fulgêncio, disse que retorna ao cargo não para abafar uma crise, até porque não existe nada disso entre o prefeito Luciano Cartaxo (PSD) e a cúpula do PMDB, que havia indicado um membro do partido para ocupar o cargo, o médico José Evangelista, que acabou desistindo da missão alegando problemas pessoais.

Fulgêncio, que retorna ao cargo pela terceira vez, disse para a imprensa que recebe mais vez o cargo sem indicação política e vai trabalhar com todo seu esforço, alma, corpo e mente.

“Acho que fechamos o ano de 2016 muito bem no setor de Saúde, dentro do que foi proposto no início do ano. Temos problemas na Saúde, todo mundo sabe e nunca foi negado, mas as contas estão tranquilas”, disse.

Foto: Paraibaonline

De acordo com o balanço de 2016, segundo ele, o superávit no setor foi de R$ 12 milhões, além de ter tido uma boa relação com os fornecedores.

O secretário ressaltou ainda que o Hospital Trauminha tem leitos e pode realizar cirurgias e não há colapso de abastecimento na rede municipal de Saúde.

O que vai precisar agora, conforme o secretário, é focar na atenção básica, no setor de Cardiologia e Hemodiálise do Hospital Santa Isabel, como também continuar prosseguindo com o equilíbrio fiscal.

Há ainda um projeto para remodelar as farmácias básicas e para melhorar a regulação de marcação de exames.

“Quero agradecer a confiança do prefeito e cada vez mais eu fico muito orgulhoso e envaidecido dessa confiança dada a mim do ponto de vista político, técnico e operacional”, destacou.

Veja também

Comentários