...

Campina Grande - PB

Romero emplaca R$ 84 milhões como emenda impositiva no orçamento federal

19/10/2016 às 19:15

Fonte: Codecom/CG

Foto: Codecom/CG

Foto: Codecom/CG

Após ter passado os últimos dois dias em intensas articulações no Congresso Nacional, o prefeito Romero Rodrigues (PSDB) deixou a segunda reunião consecutiva com a bancada paraibana visivelmente eufórico, na tarde desta quarta-feira, 19: com apoio dos deputados e senadores paraibanos, ficaram assegurados recursos, na ordem de R$ 84 milhões, para serem aplicados na execução e conclusão do Canal de Bodocongó.

O detalhe importante: é uma das duas emendas impositivas a que a representação da Paraíba tem direito de emplacar no Orçamento Geral da União de 2017.

– Foi uma vitória muito importante para nosso município e só temos a agradecer aos nossos senadores e deputados paraibanos pelo grande gesto de apoio a Campina Grande – comemorou Romero Rodrigues, que esteve acompanhado do deputado estadual Bruno Cunha Lima (PSDB) na reunião no Congresso.

As emendas impositivas se constituem em recursos indicados por deputados e senadores para atender a obras e projetos nos municípios, ficando a União obrigada a repassar, por indicação das bancadas representantes dos estados.

O presidente da República poderá até ser processado por crime de responsabilidade, caso não cumpra o Orçamento aprovado. João Pessoa ficou com a segunda emenda impositiva, por decisão do colegiado paraibano.
Romero conseguiu, após conversas com os parlamentares, apoio dos três senadores paraibanos: José Maranhão (PMDB), Raimundo Lira (PMDB) e José Gonzaga Sobrinho, Deca (PSDB), além dos deputados federais que integram a representação da Paraíba.

Foto: Codecom/CG

Foto: Codecom/CG

No caso de Deca, que ocupa interinamente o cargo com a licença de Cássio Cunha Lima (PSDB), o titular deu aval expresso para o voto a favor do pleito de Campina.

O prefeito reeleito de Campina Grande também fez questão de agradecer especialmente aos deputados com base eleitoral na cidade – Pedro Cunha Lima (PSDB), Rômulo Gouveia (PSD) e Aguinaldo Ribeiro (PP), além de Benjamin Maranhão (SD) e todos os outros parlamentares da Paraíba.

A obra

A Prefeitura de Campina Grande só conseguiu retomar a obra do Canal de Bodocongó no início de agosto deste ano, após o prefeito reeleito Romero Rodrigues conseguir destravar recursos junto ao Ministério das Cidades.

Foto: Codecom/CG

Foto: Codecom/CG

Só nesta primeira fase estão sendo investidos R$ 6 milhões, com ações iniciais de drenagem e de pavimentação urbanística.

A obra constitui-se numa das mais uma das importantes na área de infraestrutura do Município.

O Canal de Bodocongó tem uma importância fundamental na estrutura viária de Campina Grande, envolvendo os bairros, além do próprio Bodocongó, Malvinas, Dinamérica e Catingueira, com uma população total de quase 200 mil pessoas.

Veja também

Comentários