...

Campina Grande - PB

Presidente da Aduepb diz que PEC 241 prejudicará saúde e educação

18/10/2016

O professor e presidente da Aduepb, Nelson Júnior, destacou que em 2015 os professores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) tiveram 1% de reposição salarial. Foi protocolado em João Pessoa nessa segunda-feira, 18, pedido de audiência com o governador Ricardo Coutinho para discutir os problemas referentes aos servidores da UEPB.

Além disso, Nelson falou que discorda que novos campis serem criados porque a universidade não consolidou os campis atuais.

O docente falou sobre a PEC 241, que é conhecida como PEC dos Gastos Públicos, que tem sido motivo de muita polêmica e divergência entre os brasileiros.

Segundo ele, no período que está sendo discutida a aprovação do projeto Escola Sem Partido um ”pacote de maldade foi aberto”.

– Quando o governo congela os investimentos pelos próximos 20 anos isso atinge educação, saúde, toda política social possa vir a ser desenvolvida e aquelas que são ainda hoje serão diretamente afetadas. Então, tem uma elevação na quantidade de alunos e elevação nos gastos da saúde, mas não vai ter recursos para cobrir. O governo leva esse serviço e muitas situações daqui a 10 anos para ser caridade- disse.

Ele explica que quando se há problemas financeiros não se corta o essencial, mas o desnecessário. Nelson falou que Michel Temer, quando assumiu a presidência, aumentou o déficit de 90 para R$170 milhões e anunciou empréstimo no valor R$ 10 bilhões de dólares ao FMI.

– Por que nós não regulamentamos o imposto das grandes fortunas no Brasil e consegue estancar essa crise? O governo golpista de Michel Temer fez opção política de cobrar dos pobres à crise que o Brasil atravessa– criticou.

O presidente comentou sobre o senador Cristovam Buarque, que anunciou ser favorável a aprovação da PEC, e disse que ele vem desconhecendo sua história.

Por fim, Nelson anunciou que nesta quarta-feira (19), às 14h30, será realizado debate na cidade de Guarabira sobre a Conjuntura Nacional e Estratégias para Enfrentamento aos Ataques aos Direitos dos Trabalhadores.

Nesta sexta-feira (21) será realizada audiência pública, às 9h, na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB),  com a finalidade de discutir sobre a PEC 241 e MP 746/2016.

As informações foram veiculadas na Rádio Caturité AM.

FONTE: Da Redação

Veja também

Comentários