...

Campina Grande - PB

Petista sugere reformulação do partido e apela para que presidentes deixem os cargos

13/10/2016 às 13:55

Fonte: Da Redação

Após amargar derrotas nas eleições municipais deste ano, o Partido dos Trabalhadores vive uma crise interna entre seus diretores.

Na Paraíba, eram cinco prefeituras comandadas por petistas e só um prefeito filiado à legenda conseguiu êxito no pleito eleitoral de 2016.

O deputado estadual Anísio Maia, que integra o diretório estadual, sugeriu, em entrevista nesta quinta-feira (13), que os presidentes do partido em níveis municipais, estaduais e federais, renunciem aos seus postos e deem oportunidade para uma renovação no PT.

– Na verdade é uma questão puramente lógica. Se você tem um time de futebol que não está dando resultado, muda à equipe, muda o técnico – declarou.

Maia culpou a direção do partido pelo insucesso das urnas e sugeriu que os presidentes entregassem os cargos.

anisio_maia23

Foto: Ascom

– Eu sendo presidente do partido que obteve esse resultado, seria o primeiro a entregar o cargo. Essa direção foi responsabilizada na prática pelo insucesso. A nossa direção falhou em enfrentar essa conjuntura. É hora de renovação. É hora de mostrar para a população que queremos reparar nossos erros – pontuou.

Questionado sobre o PT de Campina Grande, segunda maior cidade do Estado onde a legenda é comandada por Perón Japiassú,  Anísio voltou a criticar o colega partidário afirmando que ele não tem força para gerenciar a legenda.

– Eu propus há muito tempo expulsar esse rapaz que está à frente do PT de Campina. Um partido comandando por ele não tem como ter futuro. Devemos renovar também a direção do PT de Campina Grande – salientou.

As declarações repercutiram na Rádio Campina FM.

 

Veja também

Comentários