...

Campina Grande - PB

Nascem primeiros caprinos do programa de inseminação artificial da Emepa

03/01/2017 às 12:05

Fonte: Secom/PB

Foto: Secom/PB

Os primeiros caprinos frutos das pesquisas de melhoramento genético realizadas pelo Governo do Estado, por meio da Emepa, empresa de pesquisa tecnológica integrante da Gestão Unificada, começam a surgir com o nascimento dos primeiros animais.

No fim do ano, nasceram os primeiros animais do Programa de Inseminação Artificial. Foram duas cabras que pariram seis cabritas da raça Saanen.

Os produtores que tiveram suas matrizes contempladas com a inseminação estão satisfeitos com o resultado.

O projeto que é desenvolvido pela Emepa, em parceria com a Sudene e Governo do Estado, aborda a “Qualificação do arranjo produtivo local da caprinocultura leiteira no Semiárido paraibano”, e contempla nove associações de criadores em nove municípios do Cariri e Curimataú.

O pesquisador da Emepa e coordenador do projeto Wandrick Hauss de Sousa, informou que as ações buscam o fortalecimento da base produtiva através de demonstração itinerante de tecnologias de sustentabilidade alimentar dos rebanhos nas associações.

Também promovem o melhoramento genético de caprinos leiteiros, para uma maior eficiência de produção e conservação de forragens com técnicas apropriadas de produção, além da conservação de forragens, manejo alimentar, genético, reprodutivo e sanitário.

Foto: Secom/PB

A meta é realizar demonstrações de tecnologias de alimentação sustentável, o que já ocorreu em nove municípios, por empréstimo, através de comodato, de 48 reprodutores de raças de caprinos leiteiros.

Devem ser inseminadas 600 cabras com sêmen dos melhores reprodutores oriundos de embriões, importados da África do Sul. Já foram entregues 38 reprodutores e realizada inseminação de 298 cabras.

Veja também

Comentários