...

Campina Grande - PB

Investigações da Polícia Federal comprometem o presidente nacional do PSC

13/01/2017 às 23:31

Fonte: Da Redação

Foto: Paraibaonline

Mensagens de celular indicam que o presidente nacional do PSC, Pastor Everaldo, teria pedido dinheiro para seu partido ao ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB), aponta a Polícia Federal.

Em uma dessas mensagens, realizadas no ano de 2012, quando houve eleições municipais, Pastor Everaldo (foto) chega a afirmar a Cunha que estava em “desespero total” para receber os recursos, destaca a versão eletrônica do jornal Folha de São Paulo.

A informação consta nos documentos da investigação sobre o suposto esquema de liberação de recursos da Caixa Econômica Federal para as companhias – dos ramos de frigoríficos, de concessionárias de administração de rodovias e de empreendimentos imobiliários – por meio de direcionamento político, com participação de Cunha e do ex-ministro Geddel Vieira Lima, que ocorreriam em troca de pagamento de vantagens ilícitas.

Na noite de 17 de agosto de 2012, Geddel, então vice-presidente de pessoa jurídica da Caixa, enviou a seguinte mensagem ao celular de Cunha: “Caso da Dinâmica de Everaldo resolvido”.

De acordo com a Polícia Federal, “ao que tudo indica, essa empresa seria a Dinâmica Segurança Patrimonial, cujo sócio-administrador é Edson da Silva Torre que, conforme mensagens de Eduardo Cunha, é um sócio do Pastor Everaldo”.

*fonte: uol

Veja também

Comentários