...

Campina Grande - PB

Ex-governador é preso pela Polícia Federal acusado de desvios milionários

17/11/2016

O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB) foi preso na Operação Calicute, ligada à Lava Jato, na manhã desta quinta-feira, no Leblon, zona sul da capital fluminense.

Fachada prédio Sérgio Cabral

Foto: reprodução bandnews

Mais cedo, a Polícia Federal esteve no prédio do político (foto). A ordem de prisão partiu do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro.

Ele é suspeito de liderar um grupo que desviou cerca de R$ 225 milhões em contratos com diversas empreiteiras, sendo que R$ 30 milhões são referentes a obras tocadas pela Andrade Gutierrez e a Carioca Engenharia.

Segundo a PF, havia fortes indícios de cartelização de grandes obras executadas com recursos federais mediante o pagamento de propinas a agentes estatais, incluindo o ex-governador.

No total, 230 policiais federais cumprem 52 mandados de busca e apreensão, 10 mandados de prisão preventiva, 3 mandados de prisões temporárias e 14 mandados de condução coercitiva expedidos pelas Varas Criminais do Rio de Janeiro e de Curitiba, ainda conforme a Bandnews.

Cabral governou o Estado do Rio de Janeiro entre 2007 e 2014, quando renunciou ao cargo.

A operação foi batizada de Calicute, região da Índia onde o descobridor do Brasil, Pedro Álvares Cabral, teve uma de suas maiores tormentas.

*Com informações da Bandnews

FONTE: Da Redação*

Veja também

Comentários