...

Campina Grande - PB

Em CG, ministros entregam novo acelerador linear de radioterapia do Hospital da FAP 

28/11/2016

Pacientes que fazem tratamento contra o câncer pelo SUS em Campina Grande terão um novo aliado no tratamento da doença.

A partir de agora o Hospital da FAP passa a contar com um novo acelerador linear para realização de sessões de radioterapia.

A entrega do equipamento aconteceu na manhã dessa segunda-feira, 28, na unidade de radioterapia da FAP.

A solenidade contou com a participação do ministro da Saúde, Ricardo Barros, e do ministro de Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra.

Devido a uma crise de diverticulite, o prefeito em exercício, Ronaldo Cunha Lima Filho, não pôde comparecer as solenidades.

Foto: Codecom/CG

Foto: Codecom/CG

Desde o último domingo, Ronaldo Filho passou por uma série de exames e, por expressas recomendações médicas, iniciou um tratamento à base de medicamentos e se manterá em absoluto repouso nos próximos dois dias.

Mesmo em tratamento de saúde, Ronaldo Filho promoverá despachos com sua assessoria e acompanhará toda a rotina administrativa do município de sua residência.

Foto: Codecom/CG

Foto: Codecom/CG

Os ministros chegaram no aeroporto João Suassuna, por volta das 9h, sendo recebidos por lideranças políticas: secretária de Saúde, Luzia Pinto; secretário chefe de Gabinete, Manoel Ludgério (representando o prefeito em exercício de Campina Grande, Ronaldo Cunha Lima Filho); vice-prefeito eleito, Enivaldo Ribeiro; presidente da Câmara Municipal, Pimentel Filho; deputados Agnaldo Ribeiro, Pedro Cunha Lima, Daniela Ribeiro, Bruno Cunha Lima, além de muitas outras autoridades.

Logo em seguida, a comitiva visita o Hospital Municipal Pedro I, o Núcleo de Tecnologia de Estratégias à Saúde e, finalmente, à FAP- Fundação Assistencial da Paraíba.

Foto: Codecom/CG

Foto: Codecom/CG

Eles conheceram as instalações do Hospital Municipal Pedro I, onde funciona o ambulatório especializado para atendimento às crianças com microcefalia e outros distúrbios causados pela Síndrome Congênita do Zika Vírus.

A médica Adriana Melo, pesquisadora premiada e destaque internacional por ter sido uma das primeiras a fazer a vinculação do vírus da Zika com o aumento de casos de bebês microcéfalos, também acompanhou a visita, com sua equipe.

Já o acelerador linear da FAP foi adquirido pelo Governo Federal, através do programa de expansão do tratamento do câncer, iniciado em 2012.

O aparelho será o primeiro a entrar em funcionamento no país, de um total de 100 equipamentos comprados pelo Ministério da Saúde no âmbito do programa.

“De fato, a população de Campina Grande e região recebe o primeiro acelerador linear entregue pelo nosso Plano de Expansão da Radioterapia no SUS. O nosso Ministério investiu quase R$ 5 milhões na compra do equipamento e construção do bunker, que é o espaço destinado para instalação do aparelho”, afirmou o ministro Ricardo Barros.

Segundo a secretária municipal de Saúde, Luzia Pinto, o novo acelerador vai duplicar o número de atendimentos realizados no setor de radioterapia, diminuindo o tempo de espera pelo tratamento.

O Hospital da FAP é referência para Campina Grande e outras 165 cidades paraibanas no tratamento oncológico. Destes, 146 municípios são referenciados para radioterapia.

De acordo com dados da Secretaria de Saúde, somente neste ano já foram realizados mais de 62 mil atendimentos de radioterapia na rede pública municipal de saúde.

Desse total, 40% dos procedimentos foram realizados para pacientes residentes de Campina Grande e os demais (60%) para usuários das outras cidades referenciadas.

Por conta disso, ela reivindicou ao ministro da Saúde a revisão do teto financeiro para o setor de oncologia em Campina Grande, gerando-se a possibilidade de um maior volume de recursos para este importante setor.

Ao longo da solenidade fizeram pronunciamentos, destacando a importância da conquista deste novo equipamento para o combate ao câncer em Campina Grande, Hélder Macedo Rodrigues (presidente da FAP); secretária municipal de Saúde, Luzia Pinto; Vanália Alves de Freitas (ex-paciente da FAP); a representante da empresa Varian Medical Systems (primeira fábrica de aceleradores lineares da América Latina), Kolleen Kennedy; deputados federais Pedro Cunha Lima (representante do senador Cássio Cunha Lima), Rômulo Gouveia e Agnaldo Ribeiro; ministro de Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, e por fim, o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Os ministros e as demais autoridades ainda enfatizaram, em seus pronunciamentos, o empenho do governo municipal em melhorar as condições de saúde de Campina Grande, num trabalho capitaneado pelo prefeito Romero Rodrigues.

Reconheceram a competência técnica e cientifica dos que se dedicam ao setor de saúde local, especialmente no tratamento do câncer e na luta contra a microcefalia.

FONTE: Da Redação com Codecom/CG

Veja também

Comentários