...

Campina Grande - PB

Diretor do Trauma cobra em público devolução de aparelhos emprestados ao Pedro I

13/10/2016 às 9:50

Fonte: Da Redação*

O diretor do Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, dr. Geraldo Medeiros, cobrou, na manhã desta quinta-feira (13), a devolução de aparelhos médicos que, segundo ele, estão emprestados ao Hospital Pedro I, que foi municipalizado pela gestão do prefeito Romero Rodrigues (PSDB).

geraldo-medeiros

Foto: Paraibaonline

A cobrança foi feita durante entrevista do dr. Geraldo a um programa radiofônico da cidade.

Segundo o médico, o centro cirúrgico do Pedro I tem mais de 70 anos e não está realizando cirurgias torácicas por falta de condições. Devido a isso, pacientes oriundos desse hospital estão se encaminhando para o Trauma em busca do serviço.

– O Trauma dispõe de vários equipamentos médicos que dão suporte ao centro cirúrgico do Pedro I, senão ele não estaria funcionado. Inclusive, existe um TAC para que esses aparelhos sejam devolvidos e ele não foi cumprido há mais de 1 ano – disse Medeiros.

O diretor do Trauma ainda denunciou que o centro cirúrgico do Pedro I é “obsoleto” e precisa de uma reforma.

Ele afirmou que existe uma “fila da morte” de cerca de 80 pacientes à espera de uma cirurgia torácica no hospital.

Sobre a devolução dos aparelhos ao Trauma, dr. Geraldo disse que a secretária de Saúde do município, Luzia Pinto, está ciente do problema e que várias mensagens já foram enviadas para ela sobre a questão.

*As declarações foram repercutidas na rádio Correio FM. 

 

Veja também

Comentários