...

Campina Grande - PB

Diretor da Cagepa esclarece que água de Boqueirão não faz mal à saúde

01/12/2016

O diretor regional da Cagepa, Ronaldo Menezes, comentou sobre a pesquisa feita pelo Instituto Butantan, solicitada pela Secretaria de Saúde Campina Grande, que detectou que as águas do Açude Epitácio Pessoa, localizado no município de Boqueirão, pode trazer riscos à saúde da população.

Ronaldo afirmou que recebeu o relatório da pesquisa na manhã desta quinta-feira, mas, mas que este é apenas um relatório parcial, que contém três páginas.

Ele comentou que a Cagepa solicitou todos os dados da pesquisa, de como foi feita, os locais de coleta da água e quais os tipos de toxinas encontradas e as quantidades.

– Em primeiro lugar, falamos das cianobactérias que podem liberar as toxinas e estas toxinas podem causar danos nos seres humanos. A portaria diz que se encontrar menos de 10 mil células por ml de água, você tem que monitorar a cada mês. Se passarem de 10 mil células, o monitoramento é semanal. O último resultado de Boqueirão foi de 120 mil por ml de água, e por isso nós fazemos o monitoramento semanal. Quem faz essa contagem pra nós é o laboratório de ecologia aquática da UEPB, que é certificado – comentou.

Foto: Paraíbaonline

Foto: Paraíbaonline

Menezes explicou também que além das cianobactérias, a Cagepa tem monitorado as toxinas, conforme recomenda a portaria do Ministério da Saúde, e ressaltou que as toxinas encontradas no açude de Boqueirão estão abaixo do número de risco.

– Esses valores tem que ser realizados na estação de tratamento, na água tratada. Por precaução, em Boqueirão, fazemos a análise na captação de água bruta. Coletamos a água, tratamos a água e diminuímos ainda mais esse número de toxinas. O que importa pra gente são os valores na água tratada e esses valores são muito abaixo do valor permitido. Desde o dia 16 de novembro, estamos complementando o tratamento até conseguirmos zerar o número das cianotoxinas – pontuou.

O diretor ainda questionou a pesquisa, pois, segundo ele, foram coletadas amostras de água bruta, sendo que a Cagepa não distribui água não tratada.

– Não entendemos o porquê dos responsáveis pela pesquisa não fazerem a coleta de água na estação de tratamento. Nós não fomos informados da pesquisa, sendo que temos a maior vontade de contribuir e permitimos o acesso – explanou.

FONTE: Da Redação

Veja também

Comentários