...

Campina Grande - PB

Detran-PB participa de audiência pública sobre violência no trânsito

24/11/2016

O Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB) participou, nesta quinta-feira (24), de audiência pública na Assembleia Legislativa da Paraíba que debateu a violência no trânsito no Estado.

Foram discutidas ações importantes para contribuir com a diminuição de acidentes de trânsito. A ação marcou o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito.

O convite partiu do deputado Jeová Campos, presidente da Comissão de Desenvolvimento, Turismo e Meio Ambiente, e contou com a presença dos deputados Bosco Carneiro e Buba Germano, representantes do Detran-PB, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), do Departamento de Estradas e Rodagem (DER-PB), bombeiros civis e membros da Marcha para Jesus.

De acordo com o deputado Jeová Campos, apesar da obrigatoriedade do cinto de segurança, limite de velocidade e proibição de álcool ao volante, precisamos de leis mais rígidas no que se refere ao trânsito. Campos salientou que pessoas com idade produtiva de trabalho são as mais atingidas por esse tipo de violência, e que a punição para quem é flagrado dirigindo embriagado deve ser ainda mais dura.

A chefe da Divisão de Educação de Trânsito do Detran-PB, Abimadade Vieira, lamentou os registros de acidentes envolvendo motociclistas e destacou a cidade de Campina Grande que, segundo ela, mensalmente soma 840 acidentes envolvendo motos.

Em João Pessoa, são registrados cerca de 700 acidentes por mês. No entanto, a chefe da Educação de Trânsito enfatizou que o Detran da Paraíba vem se preocupando com os alarmantes índices de violência e trabalhando na redução desses números.

O deputado Bosco Carneiro parabenizou a iniciativa de discutir os acidentes de trânsito, e frisou que a educação é a melhor maneira de se combater esse tipo de problema. Carneiro também criticou a imprudência nas estradas da Paraíba.

 

FONTE: Da Redação com Secom/PB

Veja também

Comentários