...

Campina Grande - PB

Concluídos inquéritos de 35 estupros na região do Brejo

29/12/2016 às 17:42

Fonte: Da Redação

A delegada especializada da Mulher de Campina Grande, Hertha Franca, reunirá os 35 inquéritos que serão remetidos à Justiça sobre ocorrências de estupros nas cidades de Remígio, Alagoa Nova, Areial, Montadas, Lagoa Seca, São Sebastião de Lagoa de Roça e Matinhas.

A Polícia Civil prendeu um acusado que foi reconhecido por 30 vítimas e assumiu a autoria de 11 estupros. Segundo a delegada, o objetivo é centralizar os inquéritos concluídos para reunir todas as mulheres que serão atendidas pela assistência jurídica que será prestada com a parceria firmada com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Subseção Campina Grande, por meio da Comissão de Direitos Humanos.

A parceria com a OAB foi uma proposta pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana (Semdh), pelo Polo Sindical da Borborema e Associação de Agricultura Familiar e Agroecologia (AS-PTA).

“É uma parceria muito importante e propositiva com o movimento de mulheres trabalhadoras rurais, através do Polo Sindical da Borborema e da AS-PTA. Elas fazem um controle social qualificado, com diálogo com a gestão pública e colaboraram muito com a Polícia Civil, fornecendo informações sobre a maneira de agir do estuprador e as suas características”, disse a secretária Gilberta Soares.

Ela também enfatizou que as vítimas já estão sob acompanhamento psicológico e jurídico oferecido pelo Centro Estadual de Referência da Mulher Fátima Lopes, de Campina Grande, e que contam com o apoio do Movimento de Mulheres da região, especificamente do Polo Sindical.

Segundo Gilberta Soares, foram realizadas duas reuniões com o delegado geral de Policia Civil, João Alves, para dar agilidade nas investigações. “Muito importante contar com essa parceria edificante para a execução das políticas públicas para mulheres no enfrentamento da violência contra mulher”, afirma a secretária.

Já para a representante da Agricultura Familiar e Agroecologia Polo da Borborema (AS-PTA), Adriana Galvão Freire, o primeiro passo nesses casos dos estupros as mulheres da Zona Rural no Brejo da Paraíba foi dado, com a prisão do acusado. Ela disse que a parceria com a OAB/CG vai ser extremamente importante para garantir justiça.

O atendimento jurídico que será prestado pela Ordem dos Advogados do Brasil, Subseção Campina Grande, às 35 mulheres vítimas de estupro na região da Borborema começam no próximo ano com retorno do recesso do Judiciário.

Veja também

Comentários