...

Campina Grande - PB

Coluna de Alexandre Moura: 2017

30/12/2016 às 9:03

Fonte: Da Redação

Por Alexandre J. Beltrão Moura (*)

A empresa “Trend Micro”, especializada em sistemas de defesa e segurança da Internet, divulgou estudo onde afirma que 2017 será o “ano de maiores ataques dos cibercriminosos, pois  eles aproveitarão o cenário tecnológico ainda mais propício na Internet, particularmente o uso mais acentuado da Internet das Coisas em todo o mundo”.

Denominado de “The Next Tier – 8 Security Predictions for 2017”, o documento da empresa aborda este e outros temas, relacionados à segurança da Internet no ano novo.

Neste ano que termina, como exemplo, foram identificadas “46 vulnerabilidades nos softwares da Apple, 96 bugs nos da Adobe e 69 brechas afetando a segurança dos programas da Microsoft”.

Tudo indica que estes números devem aumentar ao longo de 2017. Por isso, mantenha seu antivírus atualizado e tome cuidado com os arquivos que recebe, seja no computador ou no smartphone!

Microsoft e Inteligência Artificial

A “Microsoft Ventures”, braço de investimentos da empresa Microsoft, gigante americana de TI (Tecnologia da Informação) lançou um fundo de investimentos dedicado exclusivamente, a pesquisa e desenvolvimento de soluções de IA (Inteligência Artificial).

Segundo dirigentes da empresa, “IA tem uma enorme possibilidade para aumentar as capacidades humanas e melhorar a sociedade ao endereçar soluções para alguns dos maiores problemas do mundo”.

A ideia da Microsoft Ventures é investir em startups (empresas iniciantes) que trabalham com IA para “ajudar pessoas e máquinas a trabalharem em conjunto visando aumentar o acesso à educação, ensinar novas habilidades e criar empregos, melhorar as capacidades das forças de trabalho existentes e melhorar o tratamento de doenças”.

Plano para IoT

Por falar em “Internet das Coisas”, o governo federal, através do MCTIC – Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações assinou acordo de cooperação institucional, no valor de R$ 17 milhões em sua primeira fase, para o desenvolvimento da IoT (Internet das Coisas) no país.

Denominado de “Plano Nacional de Internet das Coisas” o projeto tem duração prevista de cinco anos, começando em 2017 e indo até 2022.

Os investimentos são originados do BNDES e da iniciativa privada. A primeira ação é a “elaboração de um estudo independente em busca de diagnósticos e propostas de políticas públicas sobre IoT no Brasil”.

“Gofind.Online”

Este é o nome de um aplicativo para smartphone que vai ajudar e muito, as pessoas que precisam fazer dietas restritivas, a exemplo dos diabéticos, dos intolerantes à lactose e ao glúten. O “App” facilita a compra dos alimentos adequados a essas restrições.

Usando o “Gofind.Online” é possível verificar em qual loja ou supermercado mais próximo, é possível encontrar o produto desejado, além de mostrar todas “as opções, com informações sobre peso, marca, nome da loja, a disponibilidade do estoque, distância, horário de atendimento, telefone e ainda opções de rota para chegar até o local”.

O aplicativo é gratuito e tem versões para Android  e iOS, contando atualmente, com 15 mil produtos cadastrados e 45 mil supermercados e lojas conectadas, nas principais cidades brasileiras.

Ótimo 2017!

Desejo aos nossos leitores um ótimo 2017, com muita saúde, paz e realizações!

Até o ano que vem se Deus assim permitir!

(*) Engenheiro Eletrônico, presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado da Paraíba

Veja também

Comentários