...

Campina Grande - PB

Cineasta paraibano morre aos 69 anos em Brasília

26/11/2016
Foto: Arquivo/ TV Cabo Branco

Foto: Arquivo/ TV Cabo Branco

Morreu na noite dessa sexta-feira, 25, em Brasília, o cineasta paraibano Manfredo Caldas.

Segundo informações de parentes, ele estava em casa sozinho quando a esposa chegou, por volta das 21h e o encontrou caído.

Ela ainda chamou a ambulância, mas a médica que o avaliou informou que Manfredo estava morto há pelo menos cinco horas. Ainda não se sabe a causa da morte, mas a suspeita é de que tenha sido um infarto fulminante.

Manfredo era natural de João Pessoa, tinha 69 anos e ficou conhecido nacionalmente com o documentário Aruanda, lançado no início dos anos 60.

Era roteirista, diretor e atuou em várias produções. Ajudou a fundar a Associação Brasileira de Documentarista e o Nudoc, Núcleo de Documentação Cinematográfica da UFPB.

O último filme produzido, roteirizado e dirigido por ele, foi o Vaqueiro Voador, protagonizado por Luís Carlos Vasconcelos.

O sepultamento será amanhã em Brasília.

*Com informações da TV Cabo Branco

FONTE: Da Redação

Veja também

Comentários