...

Campina Grande - PB

Catedral de Campina Grande festeja a Padroeira do Brasil

12/10/2016 às 18:28

Fonte: Pascom/PB

Foto: João Saraiva/ Pascom Diocesana

Foto: João Saraiva/ Pascom Diocesana

No dia de Nossa Senhora Aparecida, a Catedral de Campina Grande realizou um dia inteiro de programação em honra a Padroeira do Brasil. Centenas de fiéis participaram dos momentos de Oração que culminaram com a Santa Missa, presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Manoel Delson.

A imagem peregrina que esteve na Catedral desde o dia 6 de outubro seguiu em carreta para a Paróquia de Nossa Senhora de Fátima, no bairro da Palmeira.

Durante a manhã vários grupos se revezaram na Catedral promovendo momentos de louvor, oração e recitação do Terço.

Ao meio dia aconteceu a Consagração à Nossa Senhora, onde fiéis se emocionaram a cada palavra pronunciada. Foi o caso de Fátima Silveira, que atribui a padroeira do Brasil um milagre de cura.

“Há 10 anos eu pedi a minha mãezinha que me ajudasse a vencer um câncer, porque eu tenho dois filhos e não teria com quem deixá-los e ela me ouviu. Eu venci o câncer  e todos os anos eu renovo a minha Consagração”, disse emocionada.

A tarde uma multidão já estava na Catedral para a recitação do terço e, às 16h, teve início a Missa, presidida por Dom Manoel Delson  e concelebrada pelos padres Assis Pereira Soares, Luciano Guedes, Aparecido Camargo, Fabiano Cruz, Leandro Márcio e Antônio Apolinário.

Foto: João Saraiva/ Pascom Diocesana

Foto: João Saraiva/ Pascom Diocesana

Dom Delson, refletindo sobre as bodas de Caná, quando Maria auxiliou o início da missão de Jesus com milagre da transformação da água em vinho, ele comparou a situação com o cotidiano das famílias atualmente.

“Todas as famílias passam por problemas, mas é importante não perder a fé, a coragem. Não excluam Jesus de vossas casas, convidem Maria para a festa da  vida de vocês, e então teremos sempre o vinho da alegria, o vinho da fraternidade, o vinho do amor”, disse o Bispo.

Dom Delson ainda recordou o milagre de Aparecida, acontecido a 300 anos no Rio Paraíba do Sul.

“Aquela mulher, vestida de Sol, não cansa de dar sinais de que está conosco,  nos auxiliando. O Brasil ganhou uma grande e poderosa intercessão e nós devemos seguir o seu conselho e fazer tudo o que Jesus nos disser, sendo verdadeiros discípulos do nosso Mestre e Salvador”.

Após a Missa dezenas de carros conduziram a imagem peregrina de Aparecida para a Paróquia de Nossa Senhora de Fátima, no bairro da Palmeira. A imagem está na Diocese desde o dia 17 de abril e já percorreu 23 das 56 paróquias.

Veja também

Comentários