...

Campina Grande - PB

Anísio Maia: “O PT saiu muito arranhado dessas eleições”

07/10/2016 às 11:55

Fonte: Da Redação de João Pessoa

O Partido dos Trabalhadores na Paraíba teve 17 candidatos a prefeito, mas apenas um foi eleito: Olivânio Dantas Remígio, no município de Picuí, com 6.455 votos, através da Coligação PT/PROS / PC do B / PMDB / PSC / PPS / PP / PSDB / PR. O partido ainda conseguiu eleger 65 vereadores.

Em João Pessoa, apenas um candidato foi eleito vereador: o sindicalista Marcos Henriques.

VLUU L310 W  / Samsung L310 W

Foto: Paraibaonline

Para o deputado petista Anísio Maia, o resultado das eleições para o partido foi muito baixo para o tamanho em todo o país.

“Nós saímos muito arranhados. O PT tem que fazer a sua autocrítica, nós diminuímos de tamanho em todo o Brasil, não temos a menor dúvida disso. Fomos derrotados neste pleito eleitoral”, disse.

O deputado argumentou que o PT tem que parar para avaliar a derrota com muita tranquilidade, porém advertiu que ninguém podia comemorar porque a maioria do eleitorado votou maciçamente nulo.

“Tanto é que o candidato a prefeito mais votado em São Paulo, João Doria, teve menos votos que o número de abstenções, nulos e brancos, mostrando que ele não tem legitimidade. Aliás, o Estado de São Paulo é uma desgraça para o Brasil porque eleger um almofadinha do tipo Sílvio Berlusconi (ex-primeiro-ministro da Itália), é algo lastimável”, declarou o deputado.

Maia considera Doria um falastrão porque ao dizer que vai doar o seu salário de prefeito aos pobres e fazer disso uma zombaria com o restante dos políticos.

“Imagina aí se todos os políticos forem doar seus salários, quem vai poder ser eleito? Só quem tem muito dinheiro para gastar na política. Uma pessoa humilde não vai poder ser candidato a nada porque tem que doar o salário. E vai viver de quê? De corrupção? A declaração dele cheira mal e é pura demagogia”, completou.

Veja também

Comentários